quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Subespécie de Quesada gigas??? - Quesada gigas subspecies??

A pergunta acima vem me afligindo há algum tempo (para ser mais exato, desde o ano passado), sem que eu tenha encontrado uma resposta adequada a ela. Ano passado eu consegui capturar uma fêmea que eu julgava ser Quesada sodalis e um macho que eu tinha certeza ser Q. gigas. Este ano, em compensação, consegui capturar machos e fêmeas de ambas as "espécies" (mais provavelmente subespécies), e o que me deixou mais intrigado é o fato de, excetuando-se o canto, praticamente não há diferenças significativas de um exemplar para outro!!!
 Teoricamente uma subespécie de Quesada gigas macho.
 Quesada gigas macho.

 Teoricamente, subespécie de Quesada gigas fêmea.
Quesada gigas fêmea.

Todas elas tem a mesma marcação nas costas e nas asas, e não há sinal característico que diferencie, exceto talvez o abdome, que parece ser mais longo (em torno de 5mm) nos machos da espécie Quesada gigas original. O tamanho aproximado dos exemplares é de 4 a 5cm, sendo as fêmeas de ambas as espécies ou subespécies praticamente do mesmo tamanho, sem diferença visível.


Canto de uma (possivelmente) subespécie de Quesada gigas.
Canto de uma Quesada gigas original.

3 comentários:

  1. Prezado Amigo

    São duas espécies diferentes, pois o canto é específico.Pelas fotos creio que a fêmea, com uma marcação mais abundante nas asas, se trata de Q. sodalis e todos os outros exemplares são de Q. gigas, mas para ter certeza é necessário examinar as nervuras e a genitália.
    Parabéns pelo site.

    Abraço
    Eduardo J.E. Silva
    Dr. Biologia Animal

    ResponderExcluir
  2. Prezado Eduardo Silva,
    Não sei se já escutaste o canto das duas cigarras antes, mas quero te dizer que postei vídeos com o canto de cada uma. E são diferentes, mas mesmo assim bastante semelhantes!! A fêmea que tu achaste ter mais marcações nas asas na verdade teve um problema durante a ecdise (suas asas ficaram emendadas, por isso havia mais marcas; era sangue seco). Eu posso te afiançar, não há diferença visível; só o canto mesmo.
    Muito obrigado pelo elogio!!
    Agradeceria se tivesse um e-mail de contato. Grato.

    ResponderExcluir
  3. Eu sempre imaginei q a diferença no tom do canto fosse q a cigarra q canta mais grosso teve algum problema no abdomem on de produz o canto ,nunca pensei q fosse duas espécies diferentes ,bom demais saber disso

    ResponderExcluir