sábado, 18 de dezembro de 2010

Taphura sp, uma das menores cigarras do mundo!








Encontrei essa cigarra durante minhas férias em Porto Seguro-BA, mais exatamente na praia de Taípe, no vilarejo de Arraial da Ajuda. Minúscula cigarra (UMA DAS MENORES CIGARRAS DO MUNDO), possui 1cm de comprimento (descontadas as asas). Sua coloração é predominantemente cinza-esverdeado (inclusive os olhos), tendo o ventre quase branco e as asas transparentes, sem nenhum desenho característico. Me enganei em crer se tratar de uma Carineta fasciculata, só pelo simples fato de esta cigarra ser fisicamente bastante semelhante à Carineta formosa (só que bem menos colorida), e por ter o canto bastante similiar a ela (vide link do Youtube, com um vídeo de uma Carineta formosa cantando).
SUA REAL IDENTIFICAÇÃO É Taphura spp; peço desculpas aos leitores pelo engano cometido.
Falando sobre o canto, é um zumbido pulsante contínuo e bastante rápido. Outra cigarra com o canto bastante parecido é a Diceroprocta vitripennis, existente nos EUA.


Taphura sp, one of the smallest cicadas in the world

I found this cicada during my vacation in Porto Seguro, Bahia, more exactly on the Taípe beach in Arraial da Ajuda village. Tiny cicada (ONE OF THE SMALLEST ONES IN THE WORLD), has 1 cm in length (not counting the wings). Its color is mostly gray-green (including eyes), having an almost white belly and transparent wings, with no distinctive design. I was mistaken in believing it was a Carineta fasciculata, just for the simple fact that it looked phisically quite similar to a Carineta formosa (only much less colorful), and had a very similiar song (see YouTube link with a video of a beautiful Carineta formosa singing). ITS REAL ID is Taphura spp; I apologize to readers for the mistake. Talking about it, the song is a pulsing and fairly fast continuous buzz . Another cicada eith a very similar song is Diceroprocta vitripennis, in the USA.  

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Fidicina torresi (ou F. Mannifera)




Fotos de uma cigarra Fidicina torresi (ou F. mannifera - EXPLICO: AS DUAS ESPÉCIES DE CIGARRA SÃO PRATICAMENTE IDÊNTICAS!) macho adulta que capturei nas redondezas de casa. Podem ficar despreocupados, porque eu a soltei logo em seguida às fotos). 
A dúvida quanto à espécie se dá porque consultei ambos os nomes em duas fontes e as cigarras relacionadas eram praticamente iguais (mas acho mais provável se tratar da F. torresi porque no site Faunaparaguay.com havia o arquivo de áudio do canto desta última, igual ao da cigarra capturada, algo parecido com um zizizizizi).
O espécime acima tinha cerca de 4cm de comprimento, cabeça esverdeada com olhos verde-escuros, costas e patas cor marrom escuro e abdome e ventre cor creme. Alto índice de pilosidade no corpo.

Fidicina torresi (or F. Mannifera)

Not sure if it is a Fidicina torresi or a Fidicina mannifera (EXPLAIN: THESE TWO CICADA SPECIES ARE NEAR IDENTICAL!) adult male who captured nearby my house. Don't get worried I let it flee right after the photos).

The doubt about the species is justified because i searched both names from two different sources and the related cicadas were roughly equal (but I think it is  most likely to be a Fidicina torresi because of the site Faunaparaguay.com, where i found the cicada's song audio file, which is exactly like the captured cicada's song, sounding like a zizizizizi).

The specimen above was about 4 cm long, head greenish with dark green eyes, back and legs and abdomen dark brown and cream colored belly. High level of hairiness in the body.

Cigarra minúscula, provavelmente Ariasa alboapicata




Essa cigarra está em abundância aqui na região de Campinas-SP (estamos no mês de novembro). Quando passo por bosques, posso escutar bem alto o canto de inúmeras cigarras desta espécie. Mas é bastante comum encontrá-las também cantando em mourões de cerca, em galhos mortos no chão e em arbustos de até 2m de altura. Não gravei nenhum vídeo ainda, mas o som de seu canto se parece muito com o canto das espécies Tibicen auriferus e Tibicen lyricen, dos EUA (apesar dessa semelhança, Este texto de autoria de Douglas Bottura se refere à espécie Guyalna sp, descrevendo-a com um comportamento muito similar ao da cigarra desta postagem). Ela é bastante pequena (1,5cm de comprimento) e tem como característica mais marcante o desenho de um "W" nas costas (esta cigarra o tinha em cor verde, mas já vi um espécime com o W em cor vinho). Seus olhos são escuros, com uma "máscara" que os recobre, e seu ventre é branco, com exceção do abdome, de cor escura, quase preta. O espécime na foto é macho.
Seu canto é muito similar ao da espécie Tibicen texanus.

Teeny tiny cicada, genus Ariasa

This cicada is very abundant here in Campinas-SP (we're in November). When I walk through the woods, I can hear the loud singing of endless cicadas of the species. They are also found singing in wood fences, dead branches and and small trees. I did not record any video yet, but the sound of their song is much similar to species Tibicen auriferus and Tibicen lyricen (despite this similarity, this text by Douglas Bottura refers to Guyalna sp as a species with a very similar behavior to this cicada). It's very small (1.5 cm) long and its most striking feature is the  "W" on the back (this was green, but I have seen a specimen with a W in burgundy). Its eyes are dark, with a "mask" that covers it, and its belly is white, with the exception of abdomen, dark brown, almost black. This specimen is male.


domingo, 17 de outubro de 2010

Fidicinoides pronoe







Encontrei esta cigarra na área da 11ª Brigada de Infantaria, em Campinas. Por sinal, havia muitas delas! Possui um canto bem característico (e muito alto!) e, diferente da maioria das cigarras da região, possui cores também bastante características: Dorso: cabeça, pescoço e olhos verde-escuro, costas cor vinho, com duas listras laterais na cor branca (margeando as asas), e abdome cor vinho, gradualmente clareando a um tom cinza-claro; Ventre: patas e nariz na cor verde e o resto do ventre amarelado. Os espécimes nos galhos são machos, o espécime capturado por mim é fêmea. Seu tamanho aproximado é de 3 a 4 cm.
Hoje cheguei a uma conclusão quase definitiva, depois de consultar este documento sobre pragas do cafeeiro: neste documento a espécie está documentada como se pertencesse ao gênero Fidicina, mas na verdade ela pertence ao gênero Fidicinoides, sendo a espécie F. pronoe. Eis um link para um site onde o canto da espécie está identificado como tal:
http://sueur.jerome.perso.neuf.fr/buzzes_main.html


I found this cicada in Campinas, nearby the 11th Infantry Brigade. By the way, there were lots of them! Its song is a typical (and very loud) and, unlike most of the cicadas in the area, its colors are very distinct: Back: head, neck and eyes are dark green, back is burgundy with two side stripes in white (bordering the wings), and dark abdomen, gradually brightening a light gray; Belly: paws and nose are green and the rest of the belly is yellowish. The specimens in the branches are male, the specimen in my hand is a female. Approximate size is 3 to 4 cm.

Today I reached a nearly definitive conclusion while consulting this document about coffee pests, but there's a mistake on it: This species doesn't belong to genus Fidicina, but now it does to genus Fidicinoides, and this species ID is F. pronoe. Here's a link to a website where is recorded its mating call:

http://sueur.jerome.perso.neuf.fr/buzzes_main.html

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Pequenina cigarra de grama (será uma Ariasa?)


Nunca vi antes uma cigarra que gostasse de ficar na grama... Esta foi a primeira vez! Encontrei este espécime nas imediações da Vila Militar de Campinas (Jd Chapadão). Bem pequena, de aproximadamente 1,5 cm de comprimento, ela me chamou a atenção por possuir um canto ligeiramente diferente das cigarras mais comuns e, quando fui verificar, descobri que ela estava cantando o chão!!! Filmei minhas diversas tentativas de capturá-la (exceto a vez em que consegui) e tirei várias fotos. Pena que não estão em boa qualidade (por ela ser pequena demais, minha câmera não conseguia focalizá-la; ou eu é que não aprendi a fazer isso... rsrsrsr). Possui o canto similar ao de um grilo, porém dá para identificar que é uma cigarra, principalmente quando nos aproximamos dela. Suas cores são: verde-amarronzado escuro no dorso, com duas listras amarelas bem no meio das costas, e branco no ventre, exceto no abdome, com uma faixa central de cor negra. Suas asas possuem as veias amareladas próximo ao corpo, e seus olhos são escuros. Se alguém souber de que espécie se trata, por favor me ajude a identificar, eu gostaria muito de saber!
Acredito que se trata do gênero Ariasa. Mas a espécie ainda não consegui identificar... Seu canto é muito similar ao canto da espécie americana Tibicen davisi.

Small Grass Cicada (Ariasa genus)

Never seen before a cicada that would like to stay on the grass ... This was the first time! I found this specimen in the Vila Militar de Campinas (Jd Chapadão). Very small, approximately 1.5 cm long, it caught my attention because it has a slightly different song from the more common cicadas, and when I checked out I discovered that it was singing in the low grass! I shot my several attempts to capture it (except the time I got it) and took several photos. It's a shame the low quality of the pictures (because it is too small, my camera could not focus on it, or so I didn't learn to do this ... lol). Its song is quite similar to a cricket, but you can identify that it is a cicada, especially when we approach to it. Their colors are: green-brown on the back, with two yellow stripes in the middle of the back and white belly, except in the abdomen, with its central portion black. Its wings have yellow veins near the body, and his eyes are dark. If anyone knows what species it is, please help me to identify, I would love to know! I believe it's a Ariasa. But the species i couldn't identify ... Its song is very similar to the American Tibicen davisi species.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Fidicina torresi





Como meu local de trabalho é bastante fértil para as cigarras (é bastante arborizado), eis mais uma espécie encontrada lá.
Trata-se de uma fêmea da espécie Fidicina torresi, de 4cm de comprimento, também em processo de muda durante o dia, assim como a Tibicen postada anteriormente.
Obs: minha câmera não é muito boa, por isso não consigo tirar fotos de perto com nitidez.

Since my workplace is ripe for the cicadas (it's very wooded), here is another species found there.

This is a female Fidicina torresi, 4cm in length, also in the molting process during the day, as well as Tibicen posted previously.

Note: my camera is not very good, so I can not take sharp pictures up close.

Quesada gigas




Encontrei esta Quesada gigas macho, de 5cm, em meu local de trabalho. Infelizmente ela já estava quase morta, mal se mexia, por isso logo após as fotos eu fiz o que achei certo de acordo com a natureza: dei de alimento aos pássaros (pelo tamanho do rango, já viu a briga que deu... rs)

I found this male, 5cm long Quesada gigas in my workplace. Unfortunately it was almost dead, barely moving, so right after the photos I did what I thought was right according to nature: I fed the birds (with a rank of that size, you could imagine the fight ... lol )

Cigarra desconhecida

Ouvi o canto dessa cigarra na área do meu trabalho (Jd Chapadão), mas ela canta tão no alto da árvore que não pude vê-la direito. Suponho que seja grande, porque vi apenas uma mancha bem no alto da árvore que supus se tratar da cigarra. Alguém se arrisca a identificá-la???
(ao fundo é possível identificar o canto de outras cigarras)

Unknown Cicada

I heard this cicada singing in my workplace (Jd Chapadão), but it sings so high in the tree so I couldn't see it right. I suppose it's great because I just saw a spot high up the tree that i assumed to be the cicada. Does someone dare to identify it??
(Many other cicadas were singing during this shot)

Pequena Cigarra (Provavelmente gênero Ariasa)





Esta pequena cigarra foi encontrada em meu local de trabalho. Estranho foi o fato de ela estar fazendo sua metamorfose durante o dia (estou acostumado a ver isso acontecer apenas durante a noite). Não sei a espécie exata dela, nem mesmo seu gênero, mas pelo menos quanto ao gênero posso limitar minha dúvida a uma opção: será Ariasa? É um espécime macho, que infelizmente teve um destino incerto nas mãos de um dos meus subordinados... que pena. Pelo menos é uma espécie bastante abundante na região, não foi uma perda completa. Como se pode ver pela 3ª foto, possuía 2,5 cm de comprimento.
Seu canto é muito similar ao da espécie americana Tibicen lyricen virescens.

Small Cicada

This small cicada was found in my work. The fact that it was molting during the day was very strange to me (I'm used to see it happen only at night). I don't know the exact species, but i can say it possibly belongs to genus AriasaIt is a male specimen, which unfortunately had an uncertain fate in one of my subordinates' hands ... what a pity. At least this species is very abundant in the area, so it wasn't a complete loss. As you can see by the 3rd shot, it had 2.5 centimeters long.

Its song is very similar to the American Tibicen lyricen virescens species.

Quesada gigas em Campinas



Encontrei esta fêmea terminando sua metamorfose em frente de casa, uma Quesada gigas. Pode ser uma subespécie, baseado no canto da espécie dominante nos arredores. Seu tamanho é de aproximadamente 4,5 a 5 cm. Geralmente ficam à meia altura nas árvores de médio porte, e costumam cantar depois das 18h até escurecer. Os primeiros exemplares apareceram em meados de setembro.

Quesada gigas in Campinas

I found this female ending their metamorphosis in front of my house, I believe it is a subspecies of Quesada gigas, based on its resemblance with Quesada gigas, but with a different song. Its size is approximately 4.5 to 5 cm. Generally are at half height in the medium-sized trees, and usually sing after 18h until dark. The first specimen appeared in late September.

Cigarras do Brasil

Este blog é destinado àqueles admiradores dos insetos mais queridos (e mais barulhentos) do mundo.
Se vc já as ouviu cantar (e gostou), já viu suas cascas na árvores, já tentou capturá-las quando criança, este espaço é seu também.
Obs: Não sou biólogo, portanto nem sempre saberei qual a espécie da cigarra na foto. Mas apreciarei muito a ajuda daqueles que souberem.

Brazilian Cicadas

This blog is for those admirers of the world's most beloved (and loudest) insects.
If you've ever heard them sing (and liked), seen their shells in trees, tried to capture them as a child, this  is your space.
PS: I'm not a biologist, so I won't always know about the cicada species in the pictures. But I'd appreciate very much a help from those who know.